Aranhas

Aranhas


As aranhas (Armadeira, Caranguejeira, Marrom, Tarântula, Viúva Negra etc), são o maior grupo dos aracnídeos, grupo que também compreende os ácaros, carrapatos e escorpiões. 

Elas vivem em quase todos os lugares: sobre o solo, sob pedras, dentro de frestas, equipamentos, no meio da grama e em ramos de árvores. As aranhas entram dentro de residências acidentalmente pois são levadas em caixas e objetos vindos da área externa. Dentro das residências elas se escondem dentro de caixas, roupas ou móveis. Nem todas as aranhas constroem teias e as que as fazem utilizam deste artifício para caçar insetos. As aranhas que não tecem teias, ou vivem em tocas que são tecidas com seda, ou não tecem qualquer tipo de abrigo.

As aranhas apresentam quatro pares de pernas e o corpo dividido em duas partes, o prossoma, também chamado de cefalotórax e o opistossoma, também conhecido por abdômen. Na cabeça existe um par de quelíceras, membro que possui uma abertura por onde passa o veneno ou peçonha. Mas nem todas as aranhas conseguem rasgar a pele do homem para introduzir o veneno. O veneno é produzido para paralisar ou matar a presa. No abdômen das aranhas estão localizadas as fiandeiras, que são glândulas que segregam a seda de que se utilizam para tecer a teia. A maioria das espécies possui oito olhos simples, algumas podem ter menos e outras nove olhos. O número de olhos e sua disposição são características importantes para a identificação das diferentes famílias de aranhas.

Fonte: Pragas Online.